Defesa Civil define ações e estipula calendário operacional para período de chuvas | LER
location_on Local
Defesa Civil define ações e estipula calendário operacional para período de chuvas expand_more
No início do mês de dezembro a Defesa Civil de Lençóis Paulista estabeleceu o calendário operacional para suas ações preventivas em relação ao período de chuvas compreendido entre os meses de dezembro de 2019 e março de 2020. A reunião contou com o Presidente e membros da Defesa Civil, Técnicos do SAAE, do CGBH-RL (Comitê Gestor da Bacia Hidrográfica do Rio Lençóis) e representantes de outras secretarias. O calendário definido estabeleceu que entre os dias 06/12/19 e 19/12/19 será entendido como um Período de Alerta, onde as medidas preventivas deverão ser tomadas. Na reunião foi discutido também sobre o plano de contingenciamento, que estabelece padrões a serem adotados em situações adversas decorrentes das chuvas. Além disso, ficou estabelecido no calendário de trabalhos da Defesa Civil que o período compreendido entre 20/12/19 e 10/03/20 será classificado como Período Crítico, que é quando os membros e representantes das equipes de monitoramento e secretarias deverão manter as rondas e o acompanhamento em tempo integral, abrangendo o alerta para secretarias de Assistência Social, Esportes, Educação, entre outras, que deverão prestar apoio imediato em casos onde famílias possam ser afetadas. Ficou estabelecido ainda que no dia 11 de março de 2020 se encerra o Período Crítico, retornando ao Período de Alerta até o dia 20/03/20, podendo haver prorrogação deste período, a depender das previsões. AÇÕES Dentre as medidas preventivas estão o monitoramento pluviométrico intenso, a publicação de boletins periódicos, o rebaixamento de represas e consequente funcionamento do que ficou conhecido como Cadeia de Custódia, onde as represas particulares passam a ser utilizadas como piscinões para evitar a rápida elevação do Rio Lençóis em seu perímetro urbano. Efetivando essas ações, a Secretaria de Motomecanização realizou o procedimento de rebaixamento do Lago da Prata no último dia 10 de dezembro. O rebaixamento faz com que o volume de água que escoa do Córrego da Prata para o Rio Lençóis seja reduzido, evitando um estrangulamento do Rio Lençóis próximo ao Jardim Primavera, dando mais fluidez ao rio, evitando sua elevação no Centro da cidade. As demais represas serão rebaixadas alternadamente nos próximos dias. Além disso, o SAAE providenciou a instalação de mais réguas ao longo da Bacia do Rio Lençóis, para um controle mais preciso da seca e da cheia do rio. “Os técnicos têm zelado para que as represas sejam monitoradas, e verificamos que as barragens que, no passado, representavam grandes riscos não foram reconstruídas”, declarou Mauro Antônio de Souza, presidente da Defesa Civil de Lençóis Paulista.

Começou dia 26/12/19 as 07:00

Venceu dia 20/01/20 as 21:00